Dicas

Colesterol bom x ruim: Entenda a diferença

Você sabia que em nosso organismo existe mais de um tipo de colesterol? Cada um deles tem uma função específica em nosso corpo e podem ser benéficos ou maléficos a ele. 

Entre os colesteróis mais importantes para nós estão:

  • Colesterol bom –  HDL
  • Colesterol ruim – LDL

O colesterol é sempre um tipo de gordura presente no organismo e é proveniente tanto da alimentação quanto da própria produção do corpo. O HDL, por exemplo, é produzido pelo intestino e pelo fígado, enquanto o LDL provém, principalmente, da ingestão de gordura animal.

HDL, O COLESTEROL BOM

O HDL, como mencionado anteriormente, é um produto do próprio corpo humano e recebe o apelido de colesterol bom por ajudar o organismo na eliminação de gorduras maléficas. Ao circular pelos tecidos do organismo, o HDL liga-se ao colesterol ruim e o transporta para o fígado, onde será metabolizado e, depois, eliminado através das fezes. Esse mecanismo é chamado de transporte reverso do colesterol.

Além disso, o colesterol bom está associado a uma saúde melhor por outros fatores. Dentre estes estão incluídos: provável ação anti-inflamatória, anticoagulação e antioxidação. Níveis elevados de HDL são desejáveis devido a sua relação inversa com o risco de desenvolver doenças cardíacas. Esse colesterol denomina-se bom por estar inversamente relacionado à formação de placas gordurosas nos vasos sanguíneos.

COMO AUMENTAR O COLESTEROL BOM?

O HDL pode ser aumentado, principalmente, através da prática de exercícios físicos aeróbicos, como a corrida, pela cessação do tabagismo (parar de fumar), e a diminuição do peso corporal. Também está associado ao consumo moderado de álcool, como a ingestão de um pequeno cálice de vinho toda semana, e o uso de alguns remédios, como as estatinas.

Por outro lado, o tabagismo, doenças recentes, o sedentarismo, a anorexia, a obesidade e alguns medicamentos, como os diuréticos tiazídicos, os corticoides e os betabloqueadores podem levar à redução do HDL.

LDL, O COLESTEROL RUIM

O LDL é o principal fator no desenvolvimento das placas de gordura nos vasos sanguíneos do coração, a aterosclerose. Entretanto, esse colesterol é utilizado em nosso organismo na produção de outros componentes necessários, como a bile, os hormônios sexuais e a vitamina D.

Ao contrário do HDL, o LDL faz o caminho inverso na hora de transportar as gorduras pelo organismo, ou seja, carrega essas partículas do fígado para o resto do corpo. Este fato associado a um excesso de LDL em circulação acelera o acúmulo de gorduras nos vasos, o que, com o tempo, pode acabar por entupi-los.

COMO DIMINUIR O COLESTEROL RUIM?

Como a diminuição do LDL no organismo está diretamente associada a um HDL mais elevado, a atividade física, a cessação do tabagismo e a perda de peso são fatores essenciais. Além disso, a alimentação saudável é uma importante aliada para quem quer reduzir os índices de colesterol ruim no sangue.

Os principais responsáveis pelo aumento de LDL alimentar são os produtos de origem animal, como as carnes – especialmente a carne vermelha, e o leite e seus derivados, como os queijos, os iogurtes e a manteiga.

A fim de reduzir o LDL, deve-se substituir a carne vermelha pela branca e evitar o consumo de outras fontes de gordura animal. Além disso, o consumo de fibras alimentares, frutas, verduras e chás também podem auxiliar nessa redução.

É muito importante buscar uma alimentação saudável e você também pode fazer isso através do complemento alimentar Cogumelo do Sol® que é livre de gorduras e de baixo teor calórico, mas além disso, ele dá energia extra para aproveitar melhor a vida.

Leia também: 10 Maneiras para equilibrar a imunidade e ter saúde, energia e disposição

Viva bem. Viva com saúde.

Fontes: Tua saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *